terça-feira, abril 21, 2015

O CAMINHO DO PEABIRU






Muita gente passa pela estrada Manoel da Nobre e não imagina que no município de Itanhaém existe o final de um traçado inca no litoral sul paulista.
O povo Inca, talvez o mais avançado que já existiu na América do Sul, pelo menos na superfície, mantinha contato comercial com os índios guaranis. A estrada ligava a capital inca Cusco até o hoje município litorâneo de Itanhaém ou para outros pesquisadores, iria até São Vicente e teria aproximadamente 4 mil quilômetros de extensão segundo a pesquisadora Rosana Bond em seu livro O Caminho de Peabiru.
Peabiru é um termo tupi que significa "caminho gramado amassado", Segundo outra fonte, um livro ainda em português arcaico, a largura do caminho era de 4 cavalos, quase dois metros. para outros pesquisadores em torno de 1,60 mt. Para alguns pesquisadores, ao invés de ser um caminho para o comércio com guaranis, haveria uma outra sugestão, o de um caminho místico para a terra sem mau, país da felicidade, um reino comparável ao Éden bíblico. Infelizmente o caminho foi destruído com a criação de fazendas e cidades.
Este é o traçado da antiga trilha, segundo a pesquisadora Rosana Bond, depois de 14 anos de pesquisa.

No Jardim Anchieta, em Itanhaém, o local que seria o começo da trilha inca.



COMO CHEGAR A CACHOEIRA DA CACEIA EM MAIRIPORÃ - SP



Meus amigos, em decorrência da grande procura - causada por nosso post - da Cachoeira da Cacéia, no município de Mairiporã, na grande São Paulo, e da dificuldade em encontá-la, causando muitos questionamentos dos leitores sobre sua localização, decidimos retornar ao local para buscar ajudar a quem a procura.
A partir da Rodovia Fernão Dias, contornando por baixo do viaduto, ainda no centro da cidade, pegue a Avenida NipoBrasileiro,depois a Avenida Av.Antônio de Oliveira. Suba a Rua Branca Thomas Pereira até o final e vire a esquerda entrando na Estrada Armando Barbosa de Almeida. A partir daí, são quase 7 kms. Recentemente a Prefeitura asfaltou um bom trecho desta estrada, e em direção a Caceia foi asfaltado em torno de 2kms portanto, você seguirá por aproximadamente 5kms de estrada de terra.


A Prefeitura local posicionou diversas placas a partir do centro indicando o caminho, bastando apenas segui-las.


Ao final da Rua Branca Thomas Pereira, você observa a placa indicativa.


A Estrada Armando Barbosa de Almeida recebeu asfalto em um trecho. Você só terá de seguir em torno de 5kms de estrada de terra.


Na Estrada Armando Barbosa você verá esta escavação que não leva a lugar algum.

Há placas indicando distância para chegar a cachoeira da Caceia.


A entrada da propriedade do seu Geraldo que leva a cachoeira e a placa indicativa.

Conversamos com o senhor Geraldo Rodrigues Silva (foto), que nos contou que quando chegou ali, tinha muito mato e muitos materiais de trabalhos religiosos, os famosos despachos. Seu Geraldo limpou o local, e decidiu abrir o local para uso público. Buscou licença e apoio da Prefeitura para implantar seu projeto. Chegou a preparar um local para estacionamento dos carros e montou uma lanchonete. Infelizmente, os visitantes não compreenderam a proposta de seu Geraldo trazendo comida de casa, fazendo churrascos ou pique niques próximos a cachoeira e deixando muito lixo como copos plásticos e papéis.
Agora o senhor Geraldo irá reorganizar o local, e já avisando que mesmo que a porteira esteja fechada ou encostada, a entrada é permitida, só pedindo o respeito ao meio ambiente, preservando o local e sem deixar lixo.
Portanto galera, vamos colaborar com a preservação daquele local.