quinta-feira, outubro 06, 2011

CHEMSTRAILS EM SÃO PAULO

O assunto é controverso. Em poucas palavras chemstrails são rastros químicos liberados por aeronaves sobre campos ou cidades. Conversamos com pilotos e estes nos informaram que quando uma aeronave encontra-se em dificuldades, ou seja, com algum problema técnico, uma das providências a ser tomada é a liberação de combustível para reduzir o peso e diminuir o risco de um acidente de maior proporção caso necessite realizar um pouso forçado. Então a aeronave ficaria voando a esmo, liberando combustível até que possa resolver seu problema. O outro lado da moeda, segundo outras fontes, é de que também há aeronaves que liberariam outros tipos de produtos, alguns nocivos a nós, como a liberação de bactérias. Já publicamos aqui matérias sobre o tema, inclusive de jornais estrangeiros quando ocorreu interceptação de pelo menos duas aeronaves, borrifando material sobre a Nigéria e outra sobre a Índia (confira no rol de matérias deste blog). Em uma das matérias publicaram fotos do interior de uma destas aeronaves demonstrando que não havia se quer um assento de passageiro ou transporte de equipamentos, mas apenas dezenas de cilindros contendo material desconhecido. Alguns especulam que está aí uma das origens para diversas doenças que afligem a população mundial. Relatamos aqui que vivenciamos uma experiência ruim, inusitada no carnaval de 2009 na Barra do Una, dentro da reserva ambiental da Juréia. A exemplo de diversos outros relatos de pessoas que estiveram presentes em algumas destas ações suspeitas, a temperatura teve um aumento repentino. Isso porque estava numa área úmida, no meio de uma floresta. Um bom exemplo da situação que passamos, é que o gel que utilizo para perfumar meu carro simplesmente secou em questão de 6 horas, ou seja, um produto que foi desenvolvido para aguentar altas temperaturas, já que os veículos ficam sob a ação do Sol e durar todo o mês, simplesmente desapareceu. Testemunhamos no centro da cidade litorânea de Peruíbe, uma visão surreal onde muitas pessoas saiam das lojas com um aparelho ventilador nas mãos, tal o calor repentino provocado por um sol terrível daquela tarde. Em diversas cenas de filmes recentes norte americanos realizadas a céu aberto, podemos observar com frequência tais rastros. Ora, será que há tantas aeronaves com problemas técnicos nos céus norte americanos? Na melhor das hipóteses, porque liberam combustível sobre cidades e muitas vezes a baixas altitudes? A cidade de São Paulo, sua metrópole com mais de 10 milhões de habitantes não fica imune a estas ações, por diversas ocasiões já presenciamos tais aeronaves, assim como recebemos diversos relatos a respeito. Oremos! (rss)

4 comentários:

  1. muito bom a postagem...

    Já conhece o meu blog http://issoeofim.blogspot.com/

    já vi um ovni umas 2 vezes.

    :D

    ResponderExcluir
  2. Parabens pela matéria esse tipo de pratica e comum mais por essa de lançar produtos nocivos eu não sabia tem de ser investigado pelos orgãos competentes,abraços e sussesso!!!

    ResponderExcluir
  3. Prezado Atilio, já nos conhecemos.

    Não sabia que isso se denominava chemstrails.

    Um grande amigo meu, muito proximo, me disse que tais rastros que são comuns em todos os lugares, inclusive aqui no RJ, afirmou que realmente se trata de produtos químicos e que estariam combatendo um suposto gás de alta letalidade, que surgiu recentemente em todo mundo, formado na atmosfera, que viria da atmosfera repentinamente e quando desce ( seria um tipo de gás em qualquer lugar causa graves problemas de saúde nos humanos e repentinamente.

    tentei achar algo que teria ocorrido esse ano 2011 no Rio de Janeiro em determinada rua do bairro de Campo Grande e nada encontrei. local teria sido isolado por militares, incluindo bombeiros e a defesa civil, por horas

    ResponderExcluir
  4. Anônimo11:03 AM

    Aqui no Cariri, Juazeiro do Norte, esse fenômeno acontece todos os dias, pelo menos duas vezes em cada dia.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.