terça-feira, agosto 10, 2010

Hoje é dia de festa para a Ufologia Brasileira

Meus Amigos,

Não poderíamos deixar de nos manifestarmos sobre este dia, o 10 de agosto de 2010, uma data que será memorável para o meio ufológico brasileiro e porque não mundial.
O Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito que responde pela pasta da Aeronáutica brasileira, faz publicar no Diário Oficial da União os procedimentos a serem adotados nos casos em que OVNIs estejam envolvidos.

Veja a íntegra da publicação:


Dou 10/08/2010 seção 1 p. 101.

____________ _________ _________
____________ _________ _____

PORTARIA No- 551/GC3, DE 9 DE AGOSTO DE 2010
Dispõe sobre o registro e o trâmite de assuntos relacionados a "objetos voadores não identificados" no âmbito do Comando da Aeronáutica.
O COMANDANTE DA AERONÁUTICA, de conformidade com o previsto no inciso XIV do art. 23 da Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica, aprovada pelo Decreto nº 6.834, de 30 de abril de 2009, e considerando o que consta do Processo nº 67000.001974/ 2010-61, resolve:
Art. 1º As atividades do Comando da Aeronáutica (COMAER) relativas ao assunto "objetos voadores não identificados" (OVNI) restringem-se ao registro de ocorrências e ao seu trâmite para o Arquivo Nacional.
Art. 2º O Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), como órgão central do Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA), é a organização do COMAER responsável por receber e catalogar os registros referentes a OVNI relatados, em formulário próprio, por usuários dos serviços de controle de tráfego aéreo e encaminhá-los regularmente ao CENDOC.
Art. 3º O Centro de Documentação e Histórico da Aeronáutica (CENDOC) é a organização do COMAER responsável por copiar, encadernar, arquivar cópias dos registros encaminhados pelo COMDABRA e enviar, periodicamente, os originais ao Arquivo Nacional.
Art. º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 6º Revoga-se a Nota No C-002/MIN/ADM, de 13 de abril de 1978 e o Aviso No S-001/MIN, de 28 de fevereiro de 1989.

Ten.-Brig. do Ar JUNITI SAITO

Embora a publicação não esteja completa, note que os artigos 4º e 5º estranhamente não estão completos, o que nos faz pensar em duas possibilidades: erro gráfico ou omissão intencional. Portanto, teremos de aguardar uma republicação, que é usual em casos de incorreções em publicações oficiais.
De qualquer forma, mesmo com esta publicação "truncada" na melhor das hipóteses, a comunidade ufológica não pode deixar de festejar, porque significa o reconhecimento oficial da existência dos OVNIs.
Hoje, diversos colegas de serviço vieram me cumprimentar, porque reconheceram a importância de tal publicação.
Talvez agora a imprensa de um modo geral passe a encarar a questão UFO com outros olhos, com a seriedade que o assunto necessita.
É o momento de revistas como a Superinteressante se retratar, já que tradicionalmente faz chacota sobre o assunto e aqueles que pesquisam ou acreditam na existências dos UFOs.
Mas também daqueles que tanto fizeram inconscientemente ou de maneira intencional para impedir que a verdade sobre os OVNIs viessem a público.
Estes terão forçosamente que assumir nova postura até para se preservarem. Não faltarão agora aqueles que virão bater em nossas costas e dizer de maneira hipócrita que já sabiam disso.
Agora, com a poeira baixando, partimos para uma nova etapa, ampliando a divulgação sobre o assunto de maneira honesta e responsável, eliminando as mistificações em torno do assunto e colocar o público a par de todas as implicações que a questão Ufo ocasiona.

Atilio Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.