quarta-feira, janeiro 13, 2010

FUI ASSISTIR O FILME AVATAR

Meus amigos,

Assisti o filme Avatar e gostei não só da história, o desenvolvimento e principalmente o novo 3D.
Já fazem mais de 20 anos quando assisti o filme Frankstein em 3ª dmensão. Era o primeiro filme que assisti com esta técnica, e confesso que fiquei contrai conjutivite porque os óculos não foram higienizados.rss
Os atores pareciam fantasmas, voando de frente a tela. Logo no início da sessão, antes do filme principal, havia uma vinheta, vinha um carro de bombeiros a toda velocidade que para entrar numa esquina ele deslizava de tal forma que a escada do caminhão parecia que iria bater em nossas cabeças, 99% das pessoas abaixavam a cabeça como reflexo. rsss
Mas estamos em 2010, a tecnologia evoluiu e ai vem Avatar apresentando as inovações. Agora os atores não "fantasmeiam" pela sala, mas nós é que de certa forma somos inseridos em diversas cenas, como se fossemos parte da reunião de soldados, ou em outras cenas decorrente do sentido de profundidade.
Quanto a história? Para mim Cameron fez uma tremenda crítica ao modo imperialista norte americano, já que em Avatar, eles tinham interesse em um tipo de minério. Para isso, tinham que praticamente destruir os valores da civilização daquele planeta como forma de afastá-los das regiões que tinham interesse, ou então sem outra alternativa teriam de destruí-la.
O mesmo ocorre em diversas guerras que estão sendo travadas principalmente no Oriente, como foi no Iraque e agora no Afeganistão. Lembro que o líder máximo do Talibã quando ainda estava no poder, deu uma entrevista alertando que o verdadeiro objetivo norte americano era a passagem de um gasoduto do Cazaquistão, passando sobre seu país para então atingir o mar.
É verdade que o Talibã não é nenhum exemplo de governo, principalmente para nós ocidentais que estamos acostumados a um tipo de liberdade limitada, mas o Afeganistão tem sido atacado a décadas, primeiro pela então União Soviética, quando os EUA auxiliaram o Talibã lhes enviando armas. Agora depois da retirada humilhante dos soviéticos, vem os aliados sob comando norte americano tentar fazer o que os russos não conseguiram.
Dentro desta questão, chamo a atenção de vocês para uma das falas do comandante daquela operação, no filme, quando ele diz " temos de combater esses terroristas com nosso terror". Aqui De Cameron foi ao extremo, porque a mídia ocidental costuma chamar de terroristas estes povos que procuram revidar os ataques aliados. Lembro que durante a Guerra do Golfo eles chamavam de rebeldes, os soldados que tentavam defender seu país.
Rebeldes a quê ou a quem? É claro, aos interesses norte americanos, que envia seus soldados para o front para morrerem em prol do interesse de multinacionais.
Tem sido assim a muitos anos, e pelo jeito, não mudará.

Atilio Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.