domingo, junho 08, 2008

UFO EM ITAPEVI

UFO EM ITAPEVI

Por Atilio Coelho – Núcleo Tron

Em 24 de maio do corrente ano, numa linda noite estrelada de sábado portanto céu limpo, em Itapevi município localizado na grande São Paulo, quando dona Maria da Graça S. Firmino ao retornar do quintal de sua residência, avisou assustada seu filho André sobre a ocorrência de um fato inusitádo que estaria ocorrendo lá fora.
Dona Maria disse que havia uma forte luz no céu, pedindo para que ele fosse conferir e dizer de que se tratava. André prontamente se dirigiu ao quintal quando constatou no céu a presença de uma forte luz vermelha estacionada no firmamento, a Oeste, na direção de São Roque, município próximo a Itapevi.
Em decorrência do forte brilho emitido pelo objeto, que inclusive ofuscava o brilho de estrelas próximas – segundo a testemunha - não foi possível para André identificar ao certo o formato do objeto, mas acreditava ser esférico, que estava estacionado acima da rota de aviões naquela região. “Os aviões e helicópteros passavam bem abaixo do objeto, dando a impressão de que ele estivesse muito acima da rota dos aviões”, disse André.

Ação inusitada do objeto

Para André, o objeto ficou quase dez minutos estacionado no mesmo lugar, quando de repente e para espanto das testemunhas, agora já com a presença de mais um filho de dona Maria, um objeto menor de luz esbranquiçada sai do interior do objeto vermelho e em alta velocidade, em linha reta sentido noroeste, desaparecendo no horizonte.
Passados aproximadamente mais três minutos, o objeto avermelhado inicia movimento, se elevando lentamente ainda mais, até desaparecer no infinito.

Alguns pontos

A experiência transmitida pela família Firmino nos trás algumas novidades, pois pela nossa experiência me pesquisa de campo, naves costumam liberar sondas em altura bastante inferior, bem mais próximo ao solo, montanha ou bairro. O deslocamento destes objetos portanto é curto, até por conta de sua ação limitada, investigatória. Normalmente uma sonda não possue tal desempenho de velocidade, pois normalmente sua tragetória além de lenta, é evasiva, num movimento serpenteado, ou em zigue zague, diferente da relatada pela testemunha, que teria disparado em alta velocidade do objeto – mãe – de maneira retilínea, mantendo a trajetória até desaparecer. O tal objeto de luz abranquiçada seria de fato uma sonda?
No entanto o objeto menor se dirigiu para uma região que é pródiga em acontecimentos inusitados, “ponto quente” em termos ufológicos.

2 comentários:

  1. Anônimo1:52 PM

    muito interessante esse relato e inusitado em itapevi.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo9:46 PM

    Vi essa luz e filmei com meu celular,esta no youtube,em popossauro,e no facebook no"Grupo de Pesquisa Ufologico Eu Quero Acreditar"...

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.