sábado, dezembro 29, 2007

Japoneses se preparam contra possível ataque OVNI



Sábado, 29 de Diciembre de 2007


Tradução: Atilio Coelho
Enviado por: Guillermo D. Giménez - Argentina


Tokio, Japão- O ministro japonês da Defesa disse que a existência dos OVNIs é provável e as tropas do país devem reagir se aparecerem discos voadores, dois dias depois de um comentário similar do número dois do Governo.
"Nada nos permite negar a existência de objetos voadores não identificados (ovnis) nem de uma forma de vida que os controle", declarou a imprensa Shigeru Ishiba (Partido Liberal Demócrata, direita), afirmando que esta era sua posição pessoal.
O ministro declarou que queria estudar como poderia as Forças de Auto Defesa reagir caso surjam discos voadores. Em nome da Constituição pacifista do Japão, suas tropas só estão habilitadas a intervir se o país estiver ameaçado de invasão por outro país ou em operações limitadas em outros países.
"Nos filmes de Godzilla, as FAD (Forças de Auto Defesa) estão mobilizadas", assinalou, e expressou sua surpresa ante o fato de que exista um "marco legal" em caso de invasão extraterrestre.
Estes comentarios do ministro acontecem dois dias depois das palavras supreendentes do número dois e porta voz do Governo, Nobutaka Machimura, que disse estar "completamente convencido" da existência dos ovnis.
Machimura disse ainda, "a título pessoal, uma resolução oficial do Conselho de Ministros que não "confirmava a existencia de "objetos voadores não identificados vindos do espaço", como resposta a pergunta de um senador.
A capacidade militar japonesa está limitada pelo Artígo 9 da Constituição do país.
A defesa do Estado recai sobre as Forças de Auto Defesa, criadas a partir da Lei de Autodefesa de 1954.
A princípio, o órgão de Gabinete encarregado da defesa era a Agência de Defesa, que não ostentava nem classe, nem os poderes de um órgão ministerial; como conseqüência de uma lei aprovada em 15 de dezembro de 2006, a Agência de Defesa se converteu no Ministério de Defesa em 9 de janeiro de 2007.
As Forças de Auto Defesa não são vistas como autênticas Forças Armadas, devido ao estabelecido pelo Artígo 9 da Constituição japonesa; não obstante, sua existência tem sido qualificada como anticonstitucional, tanto por alguns partidos políticos como por uma grande parte da sociedade.
Apesar do Partido Liberal Democrático, o mais importante do Japão, continuar tentando reformar o citado preceito constitucional com vistas a denominação oficial das Forças de Autodefesa como Forças Armadas, assim como a sua capacidade e funções para que finalmente adquiram um status similar ao de outras forças armadas.
Fuente: Diario El Porvenir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.