terça-feira, maio 29, 2007

NAVE EM IPORANGA/SP

Na década de 80 a 90 quando descobrimos Iporanga, município localizado no Vale do Ribeira, sul do estado de S.Paulo, através de diversas vigílias e trabalhos de campo, pudemos presenciar a aparição de diversas naves e sondas pelas serras daquela região. Pudemos presenciar sondas e outros aparelhos se comunicando uns com os outros, através de fachos de luz, muitas vezes operando a não mais de 50 metros de nós. Muitas vezes estes fachos de luz passavam por sobre nossas cabeças, quando pudemos não só analisar a forma como se comunicam, como também a possibilidade de interagir com estes aparelhos através de contatos luminosos, muitas vezes causando alterações em sua estrutura original.
A foto acima foi batida por um conhecido pesquisador, por volta das 2 da manhã, mas talvez em reação ao ato do pesquisador o UFO veio a se desmaterializar sobre nós, sem deixar qualquer rastro. O que a foto acima apresenta, é apenas os momentos finais de luz capturados do objeto.

Um comentário:

  1. Anônimo6:24 PM

    Atílio,

    Achei interessante o comentário que
    você fez ao dizer que um ufo se desmateralizou pela reação de um ufologo conhecido. Em Iporanga uma
    uma bola de luz branca opaca surgiu
    em minha frente a pouco menos de 3 metros, quando pensei em avisar (e avisei)para um ufologo conhecido que estava junto fazendo vigilia o objeto simplesmente sumiu em questão de segundos.Naquele momento senti que aquele objeto queria que simplesmente eu o visse e mais ninguém e que eles de alguma forma conheciam as intenções
    e atitudes de cada um que estavam
    presentes naquela vigilia.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, quero conhecer sua opinião sobre o que está sendo exibido.