domingo, janeiro 28, 2007

Somos todos Terráqueos


Poucos vídeos que vemos na Internet são tão profundos como este. É um vídeo longo, mas vale por uma revolução em nossos hábitos. Algo precisa ser feito com urgência.
Repasse a seus amigos, todos precisam conhecer esta realidade, e o porque da proliferação de tantas doenças em nossa sociedade.
clique no link e assista:
http://video.google.com/videoplay?docid=-239204330856039070&q=terr%C3%A1queos

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Subida a Pedra da Gávea - RJ

Sempre tive vontade de escalar até o topo da Pedra da Gávea, local de muitas histórias que me fascina, e por isso vamos falar muito sobre aquele "monumento" neste espaço, mas para o momento, indico este vídeo, que achei muito interessante, realizado por um grupo carioca, confira em:http://www.videolog.tv/video?184573

segunda-feira, janeiro 15, 2007

OVNIs e Cometas



Com a recente passagem do cometa Naugth nas proximidades de nosso planeta Terra, possibilitando a muitos sua observação a olho nú, permitindo portanto a observação de algo raro e extraordinário, ao mesmo tempo, e em diversos países objetos que muitas vezes lembram um cometa, tem aparecido nos céus.

No Irã, dia 10 último (10/01/2007) na província de Abulghassem Nasrollahi, em Kerman, região central daquele país, diversas pessoas testemunharam a aparição de um estranho objeto que gerava um certo ruído elétrico(?!), culminando em grande explosão. Autoridades daquele país não descartam a possibilidade de ser uma aeronave espiã ocidental, aliás, não é a primeira vez que o governo daquele país detecta ovnis em seu espaço aéreo julgando-o se tratar de objeto espião.

Mas o que mais intriga, é que também na Rússia, houve uma aparição similar, e o mais interessante, é que o objeto gera um rastro claro, como o gerado por algumas aeronaves terrestes, no entanto, ele parece ser engolido por esta formação, para depois ser expelido, e aí sim surgir dali para depois se tranformar numa espiral. Tal aparição foi registrada e está disponível no site: http://myparanormallife.blogspot.com/2007/01/video-of-spiraling-ufo-over-russia.html y www.ovni.net

Existirá alguma relação do cometa Nauth com tais ovnis que estão sendo observados em diversas partes do globo terrestre?

sexta-feira, janeiro 12, 2007

Estranhos acontecimentos na Zona Leste da cidade de S.Paulo



Fomos procurados por dona Teresa para tentar entender o que estaria acontecendo com aquela senhora.

Pessoa simpática, viúva, 65 anos, evangélica, dona de casa e cozinheira de mão cheia, nos relatou fatos estranhos que estariam ocorrendo com ela.

Como já era seu costume, todas as noites procurava se distrair observando o movimento na rua que reside, e principalmente o céu, as estrelas. Mas em determinada noite, d.Teresa passou a notar estranho comportamento de uma estrela, pois seu brilho e tamanho aumentavam tanto que passou a lhe chamar a atenção.

Sentiu que não se tratava de uma estrela qualquer, mas que havia algo mais e com o tempo, passou a receber determinadas informações, que para ela viria daquela "estrela", até que em certa noite, a mesma teria se aproximado a tal ponto, dela entender que na verdade se tratava de uma nave e não de uma estrela.

Segundo ela, um ser no interior daquele objeto buscava contatá-la, e aquela relação se intensificava com o passar do tempo.

Conta que em certa noite, quando já estava deitada, buscando dormir, notou que uma forte luz invadira seu aposento, a partir da janela. Tinha a cor azulada, e emitia um forte chiado, como o som do motor de uma máquina fotográfica. Tal luz se transformou num tipo de esfera que envolveu sua cabeça, lhe causando certo desconforto, mas por ser pessoa de muita fé, passou a rezar, pedindo que "aquilo" se afastasse dela, e de fato o objeto se afastou até desaparecer.

Questionamos d. Teresa sobre esta visita inusitada, quando quisemos saber se além do chiado teria deixado algum resquício. Segundo a senhora, não observou no dia seguinte qualquer marca no corpo, mas sentiu fortes dores por todo o corpo.

A partir daí, ela passou a pedir para seu "estranho amigo" para que se apresentasse, e segundo ela, o ser apenas mostrou seu rosto. Ela não teria pelos no rosto, nem cabelo, olhos redondos, e dentes "serrados", certinhos nas palavras dela: teria tes muito esbranquiçada, alva.

Em determinada noite, o tal objeto teria se aproximado do telhado de sua casa, quando lhe foi possível observar pequenas escotilhas ou janelas e uma portinhola maior, na qual o ser teria aparecido, num tom convidativo, como se a convidasse para conhecer a nave, mas dona Teresa ficou satisfeita em apenas conhecer melhor e a distancia o tal objeto.

Vemos ao lado, o desenho de d. Teresa demonstrando a forma do objeto.

Depois disso, ele teria avisado a ela que em decorrência da posição do planeta, partiria e ficaria ausente por algum tempo, para depois no futuro retornar.

E agora o mais intrigante, é que d. Teresa nos avisou que uma visinha sua viu o objeto próximo a sua residência e conseguiu registrar em vídeo. Quando a visinha colocou a fita para ver o que filmara, teve um susto, decidindo que nunca mais viria aquele vídeo novamente. Dona Teresa teria pedido a fita para poder ver o que a visinha registrara, mas a visinha sempre negou essa possibilidade, alegando que a fita teria ficado enrroscada na filmadora que seria velha, e não teria como mostrar.

Conseguimos falar com a visinha que confirmou a fala de dona Teresa, de fato ela teria filmado "algo" sobre a casa da senhora. Pedimos então para ver o filme, mas de novo recusou, dizendo que iria levar para o técnico para abrir a camera e extrair a fita. Até o momento não nos foi possível ver aquele registro.

Algumas Considerações sobre o caso:

Por diversas vezes dona Teresa havia nos contatado no intuíto de conhecer sua história e constatarmos in loco os acontecimentos. Dada a insistência, fomos até lá, fizemos medições, levamos alguns equipamentos de rotina, e registramos imagens.

Alguns aspectos nos chamam a atenção sobre estas ocorrências. Dona Teresa afirmou, não ter interesse e nem conhecimento sobre discos voadores e assuntos relacionados, pois apenas se interessa por assistir algumas novelas, jornais diários de tv e freqüêntar os cultos da igreja. Então, mesmo não sendo ela alguém que não possui conhecimentos na área, acabou nos narrando passagens contendo dados muito semelhantes a outros casos ufológicos. Como o chiado do tal objeto luminoso (uma sonda?) que a visitou, as dores por todo o corpo, e a riqueza de detalhes. Como poderia narrar tais detalhes que coincidem com tantos casos ufológicos e de fato não tivesse vivenciado alguma experiência sobrenatural?

O que dizer da atitude de sua visinha que sem saber o que estava passando com dona Teresa, pega sua filmadora e filma o objeto próximo ao telhado da visinha? O que conteria aquela fita que pudesse causar tal reação naquela outra senhora?

Bem, na verdade, este não é um fato isolado naquela região, pois há outros casos igualmente interessantes, de moradores naqueles bairros próximos uns dos outros, assim como há detalhes que ainda não contamos neste oportunidade, mas igualmente intrigantes, alguns registros que fizemos e que assim que possível publicaremos.

ATILIO COELHO/NÚCLEO TRON

segunda-feira, janeiro 08, 2007

Faxos luminosos na Bahia


O facho luminoso da foto ao lado, registrado pelo colega/pesquisador Roberto Beck ao atravessar o Rio S. Francisco, no município de Ibotirama/BA, embora ainda esteja em análise por pesquisadores como Claudeir Covo, e considerando não ser fruto de algum efeito ótico na lente da câmera, pode ser um ótimo exemplo do que já observamos por diversas vezes em pesquisas de campo, onde pudemos observar por diversas vezes ocorrências como esta.
A primeira vez que pudemos observar a utilização de tais fachos luminosos como forma de comunicação, foi no município de Iporanga, região sul do estado de São Paulo, onde pudemos observar por diversas vezes sondas que se comunicavam, umas com as outras através destes fachos. Encontramos diversos locais em que tais fachos são liberados, normalmente em direção a atmosfera, talvez em comunicação com possível nave ou base próxima.
Tivemos a oportunidade de interferir nesta forma de comunicação, principalmente em relação a sondas, quando normalmente alteram sua forma original, e as vezes assumindo comportamento aleatório ou desnorteado, até reassumir sua condição inicial.
Se tais objetos e equipamentos utilizados por determinados povos de co-habitam este planeta não são identificados pelo programa SETI, do governo norte americano, nos questionamos sobre a quantidade de contatos que tem sido realizados mesmo para fora deste orbe, e que se quer são registrados por aquele programa tão despendioso.

CASAL É TRANSPORTADO DA ARGENTINA PARA O MÉXICO

Conheça esta incrível viagem de um casal argentino, que teria sido transportado para outro país.

Conta um amigo:
Este casal viajava pela ruta 2, de norte a sul, desde Mar del Plata, quando foi abduzido (creio que este é o termo) e deixado em outro país: México. Desconheço se vieram o não o OVNI que os teletransportou e quanto tempo durou este transporte. O que sei é que este acontecimento é amplamente conhecido por vários cidadão da região, de fato, minha mãe me contou, inclusive passando no nome e apelido de parentes deste casal que podem atestar o sucedido.
Porém não termina aqui: esta Pero no termina aquí: foram transportados com o automóvel que conduziam, até o México, como já lhe disse, porém a passagem do México até a Argentina foi abonado pelo próprio estado mexicano.
Outro dado curioso é que este casal, aproveitando da fama em decorrência do caso, chegando a montarem uma empresa.

quinta-feira, janeiro 04, 2007

Mistério na Antártida

Depois de 60 anos, o governo dos EUA mantém classificados os expedientes da Operação Highjump, sobre o assombroso achado que fizeram no continente antártico em 1947. O que em princípio ia ser mais uma entrevista sobre os enigmas ainda pendentes do nazismo, na verdade se voltou a uma reveladora conversação sobre os mistérios que encerra a Antártida. O escritor Felipe Botaya compartilhou conosco os frutos de uma laboriosa investigação documental, que o levou a publica o romance Antártida 1947 (Ed. Nowtilus) e a descobrir porque o governo dos Estados Unidos mantém em segredo os documentos da Operação Highjump. Dita operação foi levada a cabo na Antártida dois anos depois da 2ª Gerra Mundial. Ao que parece, encontraram algo a mais que uma base militar nazista.

Primeiras Palavras

Não tenho grandes pretenções, mas apenas abrir um espaço para apresentar informações e comentários que fatalmente se perderiam numa lista de discussão.
Além de notícias colhidas em diversas fontes, inclusive internacionais, pretendo manter informados os visitantes deste blog.

Um forte e fraterno abraço.

Atilio Coelho